O supersecretário Luiz Fernando Jamur acaba de receber um “mimo” na sua aposentadoria, de mais de meio salário mínimo. No último dia 16, o IPMC fez o recálculo da aposentadoria de Jamur, dando mais de R$ 557,42, quantia que representa 51% do salário-mínimo nacional.

Com a readequação, Jamur deixou de receber R$ 24.376,19 e passará a ganhar R$ 24.933,61, de rendimento bruto. Ademais do pagamento da aposentadoria, Jamur recebe mais R$ 18.855,12, pelo cargo em comissão como secretário do Governo Municipal. Com formação de engenheiro civil, Jamur acumula proventos no valor de R$ 43.231,32 bruto.

Pesquisa recente do Site Nacional de Emprego (Sine), entidade de faz levantamentos nacionais de salários por profissões, aponta que um diretor de obras, com mais de 15 anos de profissão, recebe cerca de R$ 18,5 mil mesmo em grandes empreiteiras.

FORA DO IPPUC

O valor do cargo em comissão paga apenas uma das funções que ele acumulava até o último dia 14 de junho. Até essa data, Jamur ocupava o cargo de secretário de Governo Municipal e também de presidente do Ippuc. Há 7 dias, Jamur pediu para nomear interinamente a assessora especial do gabinete do Ippuc, Suely Hass.

Em decreto municipal, Suely será presidente do Instituto até o dia 13 de agosto. A saída provisória de Jamur do Ippuc ainda está sendo interpretada no rádio corredor da Prefeitura. Jamur já vinha se queixando da sobrecarga, por acumular a função de secretário e presidente do Ippuc, função que dividia ficando meio período em cada um das pasta.

Suely é servidora pública aposentada, ligada ao deputado Federal Luciano Ducci e também ao ex-governador Beto Richa. Ela também é amiga pessoal de Jamur, tal como são Richa e Ducci. Ainda não se sabe se Jamur nomeou Suely por ser amiga dele ou para atender um pedido da dupla Ducci/Richa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *