Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que a antecipação do livro de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara, na última sexta-feira (22), foi uma tentativa de prejudicar a candidatura de Baleia Rossi (MDB) à presidência da Câmara.

No livro, fica destacada a importância de Rodrigo Maia na articulação do impeachment de Dilma Rousseff, bem como a contribuição de Baleia Rossi para sua queda.

O livro também discorre sobre a empresa do irmão de Baleia e de sua esposa ter recebido milhões de reais nas campanhas eleitorais de 2010, 2012 e 2014, em pagamento oficiais e em caixa dois. “Até da Odebrecht”, alegou Cunha.

Em resposta, Rodrigo Maia negou todas as histórias do livro e acusou Cunha de querer prejudicar sua aliança com os deputados de esquerda que se comprometeram a votar em Rossi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *