O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), resolveu comentar sobre a tão falada reforma ministerial no governo Jair Bolsonaro.

Conforme noticiamos na manhã desta terça-feira (30), o Ministério da Defesa também anunciou a saída conjunta dos três comandantes das Forças Armadas, que entregaram seus cargos.

“Eu não me permito fazer nenhuma especulação”, afirmou Pacheco.

“Eu considero algo que deve se enxergado como uma mudança pelo Ministério da Defesa, algo que seve deve ser considerado por eles próprios”, argumentou.

Por fim, Pacheco destacou o ‘grande’ trabalho dos militares. Segundo ele, a troca deve ser ‘enxergada com naturalidade’, entendendo que tudo está ocorrendo dentro das funções que são prerrogativas do presidente da República, conforme prevê a Constituição brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *