Uma festa clandestina na casa de praia da cantora paraibana, Elba Ramalho, não terminou bem. A Polícia Militar foi acionada, na noite desta terça-feira (29), e pôs fim à comemoração, em Trancoso, no sul da Bahia.

As imagens do momento em que os policiais chegam ao local foram, rapidamente, compartilhadas na internet e é possível ver muita gente participando do encontro.

Trancoso é um distrito muito badalado, localizado em Porto Seguro, cidade que proibiu eventos festivos neste final de ano.

Elba Ramalho se pronunciou quanto ao ocorrido e disse que não sabia sobre a realização da festa, uma vez que a casa está alugada para terceiros até 5 de janeiro.

“Eu não tenho nada a ver com a festa que fizeram em minha casa. E estou indignada e muito triste com tudo isso”, afirmou, acrescentando que o contrato de aluguel foi feito por uma empresa imobiliária.

A cantora estava em uma missa no Quadrado, quando foi informada sobre a atuação da polícia no local. Ela se disse indignada com os ataques que vêm recebendo nas redes sociais.

Em outra ocasião, Elba aparece dançando, sem máscara, em um local com outras pessoas ao redor. Mas, de acordo com a assessoria da artista, o registro foi feito no dia anterior à festa interrompida pela polícia. Elba prestigiava a inauguração de um restaurante, mas se manteve dentro de um quadrado para não infringir as regras de segurança sanitária.

E acrescentou:

“É chato, porque nós, artistas, precisamos dar bom exemplo. Sou muito responsável com a minha vida e com a dos outros também”, afirmou.

Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *