O ex-governador Ciro Gomes (PDT), apontado como um dos principais nomes da esquerda para enfrentar o presidente Jair Bolsonaro no pleito de 2022, é o terceiro colocado numa sondagem realizada no estado do Ceará, local onde ele e a família desenvolveram carreira política.

De acordo com um levantamento do instituto Paraná Pesquisas, Ciro parece não despertar interesse no eleitorado cearense para alça-lo ao Palácio do Planalto.

Segundo a sondagem, ele tem 13,5% das intenções de voto no principal cenário, atrás de Bolsonaro (19,4%) e de Lula (45,9%).

O ex-governador Ciro Gomes (PDT), apontado como um dos principais nomes da esquerda para enfrentar o presidente Jair Bolsonaro no pleito de 2022, é o terceiro colocado numa sondagem realizada no estado do Ceará, local onde ele e a família desenvolveram carreira política.

De acordo com um levantamento do instituto Paraná Pesquisas, Ciro parece não despertar interesse no eleitorado cearense para alça-lo ao Palácio do Planalto.

Segundo a sondagem, ele tem 13,5% das intenções de voto no principal cenário, atrás de Bolsonaro (19,4%) e de Lula (45,9%).

A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas telefônicas em 84 municípios cearenses, entre os dias 25 e 29 de junho. Foram ouvidas 1.528 pessoas.

A margem de erro é de 2,5% e o nível de confiança é de 95%.

Veja os números:

Cenário 1 – estimulada

Lula (PT): 45,9%%
Jair Bolsonaro (sem partido): 19,4%
Ciro Gomes (PDT): 13,3%
Tasso Jereissati (PSDB): 4,3%
*Datena (PSL): 2,6%
Sergio Moro (sem partido): 2,3%
Mandetta (DEM): 1,0%
Simone Tebet (MDB): 0,2%
Romeu Zema (Novo): 0,1%
Não sabem: 3,4%
Brancos / Nulos: 7,5%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *