Petista volta a demonstrar arrependimento pelo caso e diz que seguiu orientação do Ministério da Justiça.

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu desculpas à população italiana por não ter extraditado Cesare Battisti, ex-membro do grupo Proletários Armados pelo Comunismo, que foi condenado na Itália por assassinato e se refugiou no Brasil.

“Peço desculpas ao povo italiano, pensei que ele não era culpado, mas depois de sua confissão, só posso me desculpar”, disse o petista, em entrevista concedida na tarde desta sexta-feira (9) à TG2 Post.

“Enganei-me ”, disse Lula, que já havia demonstrado arrependimento anteriormente em relação ao caso.

“Tomei a decisão baseado em uma orientação do Ministério da Justiça”, afirmou, em referência à equipe do então ministro Tarso Genro. “E pensei que era uma decisão correta porque achei que era inocente”, completou.

1 Comentar

  • Eduardo Pilla, 10/04/2021 @ 22:08 Reply

    …baita mentiroso, os dois, baixinhos, na estatura é nos conceitos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *