As vereadoras petistas ficaram irritadas com a relatoria da novata Sargento Tânia Guerreiro (PSL) e fizeram questão de demonstrar a ela, por relatar na Comissão de Educação, Cultura e Turismo voto contrário para nomear uma CMEI (Centro Municipal de Educação Infantil) da capital do Paraná de Marielle Silva, ontem, durante a sessão da Câmara de Curitiba, ela ouviu poucas e boas, e no canal do Youtube, militantes de esquerda criticaram o posicionamento  da direitista, mesmo sabendo que ela nunca levantou o dedo para Curitiba, uma das necessidades para ganhar a homenagem.

O vereador Eder Borges (PSD) saiu em defesa da companheira e lembrou que ela não é exemplo para crianças.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *