Caso aconteceu na manhã desta quinta-feira durante uma aula de Ciências.

A mãe de uma aluna de uma escola estadual do bairro Fazendinha, em Curitiba, denunciou nas redes sociais que a aula online que a filha assistia foi invadida na manhã desta quinta-feira (25). De acordo com o relato, dois homens entraram no link do aplicativo Meeting, usado para reunir os alunos na aula remota, e começaram a fazer ameaças aos alunos do 8º ano, durante a aula de Ciências.

“Estava trabalhando em home office quando minha filha de 13 anos, assustada, veio me dizer que dois homens tinham entrado na transmissão online da aula e começado a fazer ameaças, dizendo que iam matar todos a facadas. Eles ainda tiraram a roupa e passaram a mostrar o corpo falando palavras ofensivas, assediando mesmo os alunos. minha filha ficou muito assustada”, contou a mãe, que não terá o nome divulgado.

Segundo o relato, assim que a professora percebeu o que estava acontecendo, ela orientou que os alunos saíssem da aula online e enviou um novo link para uma nova sala de reunião.

“Resolvi denunciar nas redes sociais até pra alertar a todos. Um dos alunos conseguiu identificar que um dos invasores seria um adolescente de 15 anos, mas não sabemos se isso é verdade. espero agora uma posição da escola e da polícia”, disse a mãe.

A principal hipótese é que os invasores tenham tido acesso ao link e senha da aula online, disponibilizado pela professora apenas para os alunos.

“Tenho três filhos com aulas online e não tenho como ficar monitorando o que assistem no computador. A gente confia, mas fico preocupada diante disso”, completou a mãe.

A Banda  B entrou em contato com a Secretaria da educação do paraná e também com assessoria da Polícia Civil, que devem se pronunciar ao longo do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *