É terrível o que o destino guarda para Rodrigo Maia.

Esnobou poder durante quatro anos, usando a presidência da Câmara dos Deputados exclusivamente para os seus interesses pessoais e agora deixa o cargo totalmente isolado.

Doravante, Maia deve comer o “pão que o diabo amassou”.

Figura execrável. Volta a ser novamente o “Botafogo” das planilhas de propina da Odebrecht.

Neste domingo, cravando uma espada na cabeça de Maia, a Comissão Executiva Nacional do Democratas decidiu não entrar no bloco de apoio ao deputado Baleia Rossi.

Para piorar a situação, no embalo, o PSDB também optou por não participar do grupo pró-Baleia.

Tais fatos, praticamente consolidam uma vitória esmagadora do deputado Arthur Lira, candidato do presidente Jair Bolsonaro à presidência da Câmara.

Assim, o resultado da disputa de hoje na Câmara, marcará o início da mais completa desmoralização para o homem que mais fez mal ao país nos últimos tempos.

Quem viver, verá!

3 Comentars

  • Juraides de azevedo da silva, 02/02/2021 @ 04:52 Reply

    O Brasil precisa ser restaurado PRECISAMOS que homens sério comprometidos com o seu país,

  • Volmir dos Santos Jardim, 02/02/2021 @ 07:12 Reply

    É surreal É surreal não dá para acreditar te Essa criatura Que ninguém sabe de onde vem Atrapalhou o país durante quatro anos Parece filme de terror Mas não avenk dure para sempre não há mal que seja eterno Deus sabe o Que faz

  • Jozuka du kite, 03/02/2021 @ 01:16 Reply

    A conta veio , assinou contrato com alguém que veio a galope busca-lo diante das câmeras, nota-se um desprezo daqueles que antes o bajulava! Neste contrato , na cláusula pétrea da venda da alma , (sem hora para terminar) deixa um rastro de abandono , sentimento de perda que não tem quem o acalente! Só, sozinho , nú: como veio ao mundo , sucumbindo diante de toda nação que ele não resguardou, não proporcionou nada além de uma grande insatisfação daqueles quase 52 milhoes que querem outro Brasil!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *