Em entrevista ao jornal chinês Guancha, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teceu elogios ao Partido Comunista Chinês (PCC) por ter um “governo forte” no país asiático.

Para o petista, a competência chinesa incomoda outros países desenvolvidos, como os Estados Unidos. A declaração foi proferida na semana em que o PCC completa 100 anos de história.

“A China é capaz de lutar contra o coronavírus tão rapidamente porque tem um partido político forte e um governo forte, porque o governo tem controle e poder de comando. O Brasil não tem isso, nem outros países”, disse Lula.

Para o ex-presidiário, o país “estabeleceu um modelo de desenvolvimento para o mundo inteiro”. Na visão dele, outras nações devem aprender com o exemplo chinês.

Lula ainda afirmou que o atual governo brasileiro “não respeita a China” e “só vê os Estados Unidos” como parceiro.

“Não estou dizendo que temos que ter desavenças com os Estados Unidos. Devemos manter um bom relacionamento com os norte-americanos, mas quero manter o mesmo relacionamento com a China. Também quero manter o mesmo relacionamento com a Rússia, com a Nigéria, Angola, África do Sul e Malásia”, declarou.

O ex-presidente ainda disse estar “muito interessado” por vislumbrar a possibilidade de “manter em contato com o Partido Comunista, e manter contato com muitos amigos que fiz” quando estava no governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *