Verdelíro Barbosa conta no Jornal do Povo que os partidos políticos brasileiros registrados no Tribunal Superior Eleitoral e que conseguiram atingir a chamada cláusula de barreira custam um dinheirão para o Brasil e os brasileiros.

Nos primeiros seis meses deste ano receberam R$ 489 milhões, sendo que o que mais recebeu foi o PSL, que era de Jair Bolsonaro com uma bolada de R$ 57 milhões, seguido do PT com R$ 48,7 milhões e o PSDB que recebeu R$ 30 milhões.

Por: Jornal do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *