Fábio Aguayo tenta incentivar a ideia de que o ex-juiz seja candidato em 2022

Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo

O empresário curitibano Fábio Aguayo, que tenta impulsionar a campanha do seu amigo Sergio Moro para a Presidência da República em 2022, está produzindo adesivos com a figura do ex-juiz acompanhada das iniciais dos nomes das capitais brasileiras.

Segundo ele, a iniciativa partiu dele próprio por meio do movimento Cidadão Democrático de Direito. “Fazemos espontaneamente e organicamente, sem aprovação ou consentimento do Moro”, afirma o empresário.

Aguayo é presidente da Abrabar (Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas), entidade contrária ao fechamento de estabelecimentos do setor em meio à epidemia de Covid-19 e que já teve a mulher de Moro, Rosangela Moro, como advogada de defesa, em 2018.

Ele também é um dos fundadores do CDD, movimento político “de defesa da Constituição e das instituições brasileiras” criado com a intenção de transformar-se em partido para o pleito do ano que vem —tendo Moro como candidato dos sonhos.

Foi Aguayo quem apresentou o cantor Fagner ao ex-juiz na época da Lava Jato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *