Uma situação no mínimo inusitada vem causando polêmica na internet.

A Prefeitura de São Paulo lançou um vídeo em uma campanha intitulada “Todo mundo em casa pro bem de todo mundo”, cujo intuito é convencer a população a permanecer em isolamento social.

Neste vídeo, uma médica, Thelma de Assis, clama à população que permaneça em casa

“Passei os últimos três meses dentro de uma casa. E agora, voltei para minha casa, aqui em Pirituba… Eu faço um apelo: fique em casa. Durante a pandemia, respeitar a quarentena é fundamental para não sobrecarregar o sistema de saúde. E para ajudar os profissionais de saúde a salvar vidas, você precisa ficar em casa”, diz a médica no vídeo.

Porém, um outro vídeo surgiu na internet.

Nele, uma outra mulher aparece falando sobre os preparativos para a virada de ano:

“A gente está numa ilha, nós pegamos uma ilha exclusiva, para gente ficar esse resto de ano e essa virada bem conectado com a natureza. A gente quis o que? Virar juntas!”, diz a mulher.

Na sequência, ela vira a câmera e mostra as amigas com quem vai passar a virada de ano, e entre elas, está a mesma médica do vídeo do “fique em casa”.

Os internautas não perdoaram e vêm criticando Thelma de Assis nas redes sociais:

‘Lockdown para você, ilha paradisíaca para mim e as minhas amigas’, postou um internauta.

‘Gente que se vende por qualquer coisa. É o velho ditado: ‘pagando bem, que mal tem?’ ou seja, me paga que digo pra ficar em casa’, postou outro.

Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *