Nesta sexta-feira (09), os deputados federais Carlos Jordy (PSL-RJ) e Filipe Barros (PSL-PR) acionaram a Advocacia-Geral da União para que a entidade protocole um pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, por “atividade político-partidária”.

Ontem (08), o membro da Suprema Corte decidiu monocraticamente que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, abra a CPI da Covid, para apurar supostas “omissões” do governo federal na pandemia.

Os parlamentares também entraram com uma representação contra Barroso na Procuradoria-Geral da República (PGR) para que ele seja denunciado por “abuso de autoridade”.

“Estou representando na PGR, junto c/ o deputado Filipe Barros, contra Barroso p/ q seja denunciado por abuso de autoridade. Estamos acionando ainda a AGU p/ q protocole pedido de impeachment contra o Ministro por atividade político-partidária”, anunciou Jordy no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *