Ministro afirma que seguiu jurisprudência da corte, que cumpriu a Constituição e que desempenha seu papel com ‘seriedade e educação’

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), rebateu a afirmação do presidente Jair Bolsonaro de que sua decisão de mandar instalar a CPI da Covid foi política.

magistrado afirma que seu entendimento se baseou na jurisprudência do Supremo e que consultou todos os colegas antes de tomar a decisão.

O chefe do Executivo publicou um vídeo na manhã desta sexta-feira (9) nas redes sociais em que comenta a decisão de Barroso com apoiadores.

“Pelo que me parece, falta coragem moral para o Barroso e sobra ativismo judicial”, disse. “Falta-lhe coragem moral e sobra-lhe imprópria militância política”, completou.

Barroso estava na Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), onde leciona, no momento da declaração e respondeu Bolsonaro após encerrar a aula que estava dando.

1 Comentar

  • Emilio Mattos, 09/04/2021 @ 19:43 Reply

    Consultar todos os parç… ops colegas não significa que embasou sua colocação em gente séria e apartidária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *