Vereador Ezequias Barros (PMB), um dos partidos mencionados para receber a filiação do presidente Jair Bolsonaro, defende o “pacto pela vida com cloroquina”, com a distribuição de kits contra a covid nos primeiros sintomas da gripe, para evitar o agravamento do quadro de saúde dos pacientes infectados pelo coronavírus e diminuir o número de internações nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e nos hospitais de Curitiba, onde a fila por leitos de UTI ultrapassa dos 300.

Barros chama de negacionistas a esquerda contrária a medida e manda um alerta: “é melhor prevenir do que remediar, tenho testemunhos de mais casos de sucessos do que de derrotas.”

Por: Tupan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *