A incapacidade de organização da prefeitura da capital paranaense para imunizar os curitibanos chegou ao nível mais alto neste período de pandemia de coronavírus, ontem, na Unidade Básica de Saúde Camargo, uma generosa fila de idosos e acompanhantes esperava a vez de ser picada.

Enquanto em locais nobres o paciente nem sai do carro, no Cajuru a espera passava de uma hora e meia, com os idosos sem ao menos uma cadeira para aguardar o momento da vacina.  

Isso pode ser resultado do fechamento de 77 unidades de saúde durante a gestão do prefeito Rafael Greca (DEM).

Unidades de Saúde Camargo (Foto: colaboração MS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *