O Prefeito Helder Lazarotto anunciou na manhã desta segunda-feira (12), a redução nos contratos reavaliados e renegociados que estão em vigor. A medida gera uma economia de ao longo de 12 meses.

O resultado do primeiro Decreto Municipal n° 01/2021 assinado pelo prefeito Helder Lazarotto irá gerar uma economia aos cofres públicos de quase R$ 5.781.496,18 (cinco milhões, setecentos e oitenta e um mil, quatrocentos e noventa e seis reais) ao longo de 12 meses.

​Para o prefeito, a ação que contou com o auxílio de colaboradores de Secretarias que compõem a Administração Municipal, teve como objetivo revisar todos os contratos em vigor. “Instituímos uma comissão que ficou responsável por realizar auditoria, evitando desperdícios, otimizando a utilização dos recursos públicos, organizando a destinação adequada dos mesmos, baseada na Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Segundo o secretário Municipal de Administração, Ademir Garcia, “num momento em que vivemos diante desse quadro de pandemia, essas medidas que proporcionam economia aos cofres públicos, são de suma importância, visto que podemos concentrar recursos que podem ser empregados no enfrentamento do Coronavírus, através da aquisição de insumos e vacinas para nossa população”.

De acordo com Ademir, para o cálculo do valor acima, foi analisado os valores, que seriam praticados caso não ocorresse qualquer renegociação e aqueles obtidos após as tratativas com as empresas, que incluíram prorrogação sem reajuste, desconto concedido diretamente na nota fiscal e redução de quantitativos contratados conforme o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *