Em plena pandemia onde os órgãos públicos estão tendo contenção de gastos, a Câmara Municipal de Itambé/PR, publicou no Diário Oficial que a Presidente da Câmara do Município, Luci da Silva (PROS) que já foi do Partido dos Trabalhadores em outras épocas, nomeou uma procuradora jurídica para ficar a disposição dela, para atender as suas demandas politicas. Itambé no Paraná é um município com apenas 6 mil habitantes.

Ao custo de mais de 3 mil reais por mês, a Procuradora Iredineia de Aquino Garcia Molinari irá custar durante os 42 meses de mandato restantes, aos cofres públicos, uma despesa desnecessária de mais de R$ 126 mil.

Conferimos e verificamos que a Câmara Municipal de Itambé/PR já dispõe de um advogado concursado, que digamos de passagem, já presta o mesmo trabalho na assessoria jurídica da Câmara Municipal, esta nova nomeação se torna dispensável ao Município. Esta redação continuará acompanhando.

Foto: Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *