A mais recente rodada da pesquisa XP/Ipespe, que mede a intenção de voto para presidente da República em 2022, animou os apoiadores da candidatura do ex-juiz federal Sergio Moro. Os números foram divulgados nesta terça-feira (17).

Mesmo sem anunciar que vai participar do processo eleitoral ou estar filiado a algum partido, Sergio Moro consolidou sua posição como terceira via e colocou seu nome como o mais consistente para enfrentar a polarização.

Na pesquisa, o ex-presidente Lula (PT) aparece na frente, seguido pelo atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Sergio Moro aparece empatado na terceira posição com Ciro Gomes (PDT), com 10% das intenções de voto.

Os apoiadores e grupos que incentivam a candidatura de Moro vão reforçar as campanhas de convencimento até outubro e mostrá-lo como a única opção segura para o atual estágio da política nacional, como nome que se fortalece organicamente.

O desempenho de Sergio Moro mostra que o ex-juiz está rompendo a barreira, mesmo contra interesses contrários ao seu projeto, que usam os institutos como XP, Ipespe, PR Pesquisas e outros, na tentativa de direcionar a opinião pública para uma suposta polarização.

Na avaliação destes apoiadores, os dados da mais recente pesquisa confirmam uma tendência captada quando Moro saiu do atual governo ao ver que sua luta contra a corrupção não iria prosperar.

Interessante ressaltar, ainda sobre as pesquisas, que o povo renega o STF (Supremo Tribunal Federal), a classe política em geral, Lula e Bolsonaro em particular e estes nutrem ojeriza frente a nome do Moro.

“Logo, o povo se aproxima de Moro, uma vez que repugna quem ataca o Moro”, afirmam os apoiadores. “O povo não quer quem ataca o Moro”, completam.

1 Comentar

  • João Batista, 18/08/2021 @ 18:55 Reply

    A terceira via dolorosa!!!Não engana ninguém!! #fechadocombolsonaro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *